Faça sua doação

Bispo Lucas Cunha Fala sobre o poder da Cruz no Culto de Quebra de Maldições

Área de Conteúdo

Bispo Lucas Cunha Fala sobre o poder da Cruz no Culto de Quebra de Maldições

Bispo Lucas Cunha Fala sobre o poder da Cruz no Culto de Quebra de Maldições

No culto de terça feira, 16, na Embaixada Sara Nossa Terra, em Brasília, Bispo Lucas Cunha palestrou que  o Poder da Cruz gera cura e plenitude. Com base em ” Isaias 53: 5-7″ o preletor enfatizou que quando se coloca a vida  diante do Senhor todas as portas fechadas se abrem, pois entregamos nossas expectivas e alegrias no Altar.
Durante a ministração da palavra, o Bispo focalizou que em meio a busca diária por Deus esta unção é derramada sobre todas as situações.” O que temos que entender? O poder da Cruz é tão poderoso que foge de nossa capacitação humana, pois tem um alcance gigantesco em nossas vidas. Não temos que entender, mas sim crer. Qual é a nossa fé? Não temos que buscar argumentos para entrender a Bíblia, pois entendemos que a nossa mente está debaixo do mover sobrenatural do Eterno que reflete-se em cura física, espiritual e emocional”, apontou.
Também no decurso da conclusão, Bispo Lucas distinguiu que o Espírito Santo nos faz enxergar atrás das circunstâncias e nos traz fortalecimento para continuarmos firmes. ” Os olhos espirituais se fortalecem quando oramos, lemos a palavra e jejuamos; nos tornamos ousados, valentes e corajosos todos os dias! Pois tomamos posse de nossa armadura espiritual e por meio do perdão prosseguimos o processo de cura interior. Quantos de vocês sentem-se em determinadas situações desprezados? O que faz para ser liberto? Não aceite ser cego espiritualmente. Perdoe pessoas que te magoaram e vença palavras que ficam batendo em você por meio dos pensamentos. O seu direito é a cura. Portanto, que não tenha nenhuma brecha do maligno em sua vida. Pois o Anjo da cura vai ministrando agora! A partir de hoje um novo céu se abre em sua vida”, finalizou.
Confira fotos:
Crédito das fotos: Gabriel de Souza
Texto: estagiário Bruno Faria sob supervisão de  Jeane Magalhães
Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress