Faça sua doação

O poder da legalidade foi tema da palavra ministrada pela Bispa Priscila Cunha

Área de Conteúdo

O poder da legalidade foi tema da palavra ministrada pela Bispa Priscila Cunha

O poder da legalidade foi tema da palavra ministrada pela Bispa Priscila Cunha

No culto de terça-feira, 22, na Embaixada Sara Nossa Terra, em Brasília, a bispa Priscila Rodovalho Cunha ministrou sobre o poder da legalidade que significa o direito do inimigo em trazer doenças, maldições e opressões sobre os indivíduos.
Com base nos livros de João 14:30 e Efésios 6:14, a preletora destacou que para fechar as legalidades é necessário mudar a maneira de pensar e criar novos hábitos. “Muitas pessoas quando não conseguem ver as respostas do Senhor se afastam da missão. No entanto, o que a legalidade tem haver com nossa fé? Esteja no altar e não perca a presença do Pai, pois o príncipe deste mundo não pode tocar em nós. Não havia legalidade na vida de Jesus, contudo, ele foi enviando à Terra  humanamente e passou por tentações e provações. O caminho para alcançar às promessas não acontece da noite para o dia, pois existe um processo. A maior dificuldade dos cidadãos quando têm um deslize é permanecerem na fé e se reencontrarem verdadeiramente com o Eterno. Deste modo, quando os pecados estão perdoados não existe brecha para que o mundo espiritual do mal ataque”, completou.
No decorrer da pregação, Priscila enumerou que existem situações que limpam as legalidades, como por exemplo, reconhecer áreas escuras. “ Quando reconhecemos nossos erros, metade dos problemas são resolvidos. Deus trouxe vocês aqui para estarem cheios do Espírito Santo e avançarem para novos níveis. É essencial orar e vigiar. Não saia de seu quarto sem fazer a sua devocional. Resista a pensamentos confusos e mantenha-se no equilíbrio. Sempre avance e por meio da unção na sua vida, lute contra os demônios. Resista ao descontrole emocional e crie novos hábitos. Muitas vezes somos bloqueados de pedir perdão por não entendermos que erramos. Como você vai reagir às situações? Se não estivermos decididos mudar a maneira de agir, nada vai para frente. Aprenda a viver as diferenças. Quando você aplica a palavra  em sua vida, legalidades são fechadas”, finalizou.
Confira fotos:

Crédito das fotos: Gabriel de Souza
Texto: estagiário Bruno Faria sob supervisão de Jeane Magalhães

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress