Faça sua doação

Bispa Priscila Rodovalho Cunha ministrou na terça-feira sobre o tema ” Acalmando a Tempestade”

Área de Conteúdo

Bispa Priscila Rodovalho Cunha ministrou na terça-feira sobre o tema ” Acalmando a Tempestade”

Bispa Priscila Rodovalho Cunha ministrou na terça-feira sobre o tema ” Acalmando a Tempestade”

Na terça-feira, 3, no culto de Quebra de Maldições, na Embaixada SNT,  a bispa Priscila Rodovalho Cunha ministrou sobre  o tema “ Acalmando a Tempestade”.

Na explanação da palavra, com base no livro de Lucas 5:11, a preletora destacou que todas as vezes que os indivíduos são desafiados a irem para o outro lado, ou seja, a vencerem novos obstáculos, é necessário resistência em meio aos problemas diários. “ Quando Jesus chamou aos discípulos, inicialmente eles tiverem medo. Quer dizer, Deus tem planos muito maiores para você romper limites na mente, coração, emoções, finanças e casamento. Quem sente que está sendo desafiado por alguma situação? Queremos receber as bênçãos, mas não queremos enfrentar as resistências. Se Deus te chamou, Ele tem um propósito e vai acalmar sua tempestade”, afirmou.

Diante disto, a bispa mostrou que no Mar da Galiléia, Pedro passou a noite e não pescou nada. Deste modo, explicou que muitas vezes as pessoas fazem campanhas e por não receberem respostas imediatas, elas desistem. Contudo, é necessário perseverança para não desistir. “Muitos de vocês podem estar cansados e tem questionado a Deus. Mas tenha a certeza que enquanto você estiver debaixo da aliança: na igreja e com seu líder, vai transbordar em bênçãos. E  se Pedro não tivesse obedecido a Jesus, não teria pescado dois barcos cheios de peixes . Qual o seu terreno?  As sementes são liberadas, mas irão brotar de acordo com seu interior. De acordo com “ Efésios 4:22-24”, a sua antiga maneira de viver não vai te levar a romper.  Para que o poder do Senhor faça uma revolução em sua vida é necessário despir-se da antiga forma de viver. Renove sua mente, tire o negativismo e vivencia a fé! Mude seu interior e deixe brotar a unção”, finalizou.

Crédito das Fotos: Vitor Souza

Texto: Estagiário Bruno Faria sob supervisão de Jeane Magalhães

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress