Relacionamentos superficiais geram mais ansiedade que felicidade – Sara Nossa Terra

Relacionamentos superficiais geram mais ansiedade que felicidade

Um cristão não “fica”, ele namora com propósito de casar. Infelizmente, a sociedade de hoje inventou essa modalidade de relacionamento que caiu como uma luva para a geração atual, do descartável e do fast-food!

Muitas vezes as pessoas têm escolhido o mais cômodo, que é “ficar”, já que isso não envolve compromisso e responsabilidade. O “ficar representa uma liberdade falsa, que é confundida com felicidade.

O costume cristão de se relacionar com uma pessoa do sexo oposto sem envolvimento físico e sexual parece antiquado, fora de moda para os jovens da geração atual. Mas precisamos fazer a seguinte pergunta: os jovens de hoje são mais felizes com essa tal “liberdade”? É óbvio que não.

São pessoas que buscam a satisfação rápida, sem estresse.Mas, logo após essa satisfação, a realidade persiste em ser outra. Como anda a saúde emocional das pessoas, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo? Elas estão deprimidas, ansiosas, inseguras e com um grande senso de desvalorização pessoal.

Eu tenho certeza de que essa atitude lhe trará sofrimento no futuro. É certo que a Bíblia não cita o namoro, mas fala de noivado e casamento, de relacionamentos entre pessoas. Esses relacionamentos devem ser honestos, maduros e responsáveis. Não queremos impor lei, regulamento ou regra, e sim uma direção que ajude a facilitar sua vida sentimental.

“Ficar” não é um relacionamento responsável, mas um momento de prazer e “curtição” ligado ao nosso lado carnal. É o argumento de um espírito mundano que leva as pessoas a um sentimento de fracasso nos relacionamentos. E, quanto mais elas “ficam”, mais insatisfeitas com a vida se tornam, pois os relacionamentos superficiais geram mais ansiedade que felicidade.

Em um relacionamento saudável, o “ficar” pode ser substituído pela amizade especial, em que o contato físico não é o foco central, mas uma proximidade sem um compromisso estabelecido. Esse tempo pode ser no mínimo de três meses, quando o casal estará orando e buscando a direção de Deus. Esse período ajudará a evitar mágoas e sofrimentos desnecessários que podem comprometer seu crescimento como pessoa e vida espiritual.

O Reino de Deus tem princípios e valores diferentes do mundo do qual você veio. Você pode viver de forma diferente, ter uma vida saudável, sem medo ou culpa, uma vida produtiva e separada. Você vai se maravilhar com os conceitos e valores de Deus para você. O Reino de Deus provê você de uma nova maneira de falar, de agir e de sentir!

Voltar pra igrejas

Posts Relacionados

Comment to Anônimo Cancelar resposta

X
Evento Teste