NÃO TENHA MEDO DO AMOR – Sara Nossa Terra

NÃO TENHA MEDO DO AMOR

Já vimos, de acordo com 1 João, que Deus é amor e que amor é vida. Entretanto, é comum encontrarmos pessoas que têm medo do amor. Por que?  Porque sabemos que aquilo que mais desejamos, mais tememos. Nós tememos o amor, não porque não queremos ser amados, mas porque não queremos ser rejeitados. O medo do abandono, o medo de não ser aceito, o medo da indiferença nos leva a dizer “não”, então, nem tentamos.

Nós temos medo do amor porque nossa experiência, muitas vezes, é de que ele dói, machuca, que ao amar alguém, corremos o risco de sermos abandonados. Isso é verdade, pois a nossa vida é feita de riscos. Quando eu arrisco amar, sei que posso ter sentimentos, momentos muito bons, de muita felicidade. Mas eu sei, também, que terei momentos de tristeza, de choro e de infelicidade. Mesmo assim, sempre escolha amar, mesmo que amar significa sofrer, porque o que lhe faz ser humano, o que lhe faz ficar perto de Deus, ser parecido com Deus é a sua capacidade de amar. Por que no amor está incluso esse sentimento de dor? Porque nós não somos perfeitos.

Deus nos deu a capacidade de amar e de sermos amados, mas é impressionante como muitas pessoas passam a vida toda e não caminham por esse caminho do amor. Chegam aos 80 anos sem conhecer essa experiência, sem poder dizer que amaram muito. Tudo na vida é feito e realizado por amor ou por ambição. Você pode se apegar às pessoas e a Deus por amor ou por necessidade. A sua vida é baseada no amor ou na ambição? Quando você se relaciona com as pessoas é por amor ou por que quer algo delas? É por que tem algum interesse por trás? Infelizmente, em nossa sociedade atual, vivemos muito isso. O que afasta as pessoas do caminho do amor, o que faz com que peguem atalhos, que desistam no meio de um casamento, no meio de um relacionamento de amizade é porque o foco não está baseado no amor e, sim, na ambição pessoal, em suprir suas próprias necessidades.

Apegar-se a Deus significa amá-Lo, ter uma experiência pessoal com Ele, se entregar e deixar que o amor d’Ele encha nossa vida. Isso é um processo, é um caminho. A Bíblia diz que não foi você quem escolheu a Deus, mas foi Deus quem lhe escolheu. Veja o quanto você é especial. E, com todo esse amor de Deus por nós, como podemos corresponder a Ele? Deus quer que aprendamos a retribuir. Ele espera essa resposta, a nossa contrapartida. O amor de Deus é incondicional no sentido de que Ele lhe aceita do jeito que você é, mas Ele quer a sua resposta, senão Ele não teria mandado Jesus para morrer na cruz.

 

Voltar pra igrejas

Faça um comentário

X
Evento Teste