Faça sua doação

SOMOS AS ESCOLHAS QUE FAZEMOS

Área de Conteúdo

SOMOS AS ESCOLHAS QUE FAZEMOS

SOMOS AS ESCOLHAS QUE FAZEMOS

“E tinha esta uma irmã chamada Maria, a qual, assentando-se também aos pés de Jesus, ouvia a sua palavra. Marta, porém, andava distraída em muitos serviços; e, aproximando-se, disse: Senhor, não se dá conta de que minha irmã me deixe servir só? Dize-lhe que me ajude. […] E Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada.”(Lucas 10:39,40,42)

Como não podemos ter tudo na vida, precisamos fazer escolhas. Todos os dias fazemos escolhas, mesmo que sem percebê-las. Para receber algo novo precisamos abrir mão de algo velho. A vida é assim. Fazer escolhas traz responsabilidades e, por isso, se torna difícil, principalmente quando temos muitas opções. Seria muito mais fácil viver se não tivéssemos de fazer escolhas.

Maria fez uma escolha, que foi aprovada por Jesus como a boa parte. Jesus chama nossa atenção para as escolhas que temos na vida e nos diz que, se desejamos que algo novo, diferente, grande, maravilhoso, aconteça em nossas vidas ou em nossas famílias, teremos de praticar a renúncia espontânea.

Renúncia espontânea significa que demos aprender quando e como dizer não. Vivemos em uma época e em uma sociedade em que as oportunidades de escolhas crescem mais e mais. Tomando como base o que Jesus disse sobre Maria, que havia escolhido a boa parte, e esta não lhe seria tirada, nós precisamos nos tornar peritos na capacidade de escolher o que vamos guardar e o que vamos dispensar.

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress