Faça sua doação

Pais competentes reconhecem nas emoções uma oportunidade de intimidade e aprendizado

Área de Conteúdo

Pais competentes reconhecem nas emoções uma oportunidade de intimidade e aprendizado

pais-conversando-com-filho-620x413Quando o filho começa a falar, é uma das fases mais marcantes; porém, muitas vezes, os pais não conseguem estimular o  desenvolvimento desse sentido. Por exemplo, você o chama para ir para a casa de alguém e ele responde que não quer. A reação mais comum dos pais é obrigar o filho a cumprir a vontade deles.

Têm coisas que são inegociáveis, como ir para a igreja; mas, em outras situações, esse “não” da criança pode ser uma ótima oportunidade de diálogo entre pai e filho.

Os pais precisam conversar normalmente com a criança, pois isso mostra para a criança que ela existe. A partir dos dois anos, os pais não podem conversar com a criança como se ela ainda fosse um bebezinho. Um estudo mostrou que crianças esquizofrênicas são resultados de mães que não conversavam com eles.

Ensine seu filho a falar, a se comunicar. Sempre dê espaço para ele falar. Se ele falou que não quer ir a determinado lugar, sente com ele e ouça o porquê de não querer ir.

Fomos ensinados que criança não precisa saber os “porquês”, mas somente obedecer. Concordo que não dá para ficarmos explicando tudo para a criança, mas devemos evitar os extremos. As crianças se fecham e não conversam com seus pais porque não foram ensinadas desde pequenas.

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress