Faça sua doação

Cuidando da Sucessão

Área de Conteúdo

Cuidando da Sucessão

Meu papel na Sara Nossa Terra é fazer com que os meus pastores se tornem bispos. Se isso não acontecer, não teremos pessoas para enviar. O sonho do bispo Rodovalho é ter, pelo menos, cinco bispos em cada estado do Brasil. E nós ainda não alcançamos esse patamar. Por isso, todos os níveis de liderança têm que trabalhar focado nessa meta.

É muito importante também que o líder pavimente sua sucessão. Ele precisa formar novos líderes para preencher o lugar daqueles que são enviados para cumprir novos desafios. Se o líder acha que não precisa assumir mais riscos, sua liderança está estagnada.

Sucessão não é um problema apenas da liderança ministerial. Nas corporações do mundo inteiro, de cada 100 líderes apenas 3 permanecem. Há uma perda muito grande nesse processo de construção de liderança. A verdade é que a geração atual é muito descompromissada e temos que estar preparados para enfrentar isso.

As pessoas veem sucesso e querem para si, mas não necessariamente estão dispostas a pagar o preço por isso.Um líder tem que estar disposto a fazer tudo o que for preciso, quantas vezes forem necessárias. Crescimento contínuo requer uma estrutura exterior estável e uma estrutura interior inquebrantável. Por isso, crescimento contínuo é para poucos.

Quem alcança sucesso na vida artística, por exemplo, precisa ter sucesso dobrado no próximo trabalho, pois ele tem que ser tão bom ou até melhor do que aquele último. De modo semelhante, crescimento permanente exige uma estrutura interior estável e o abandono de nossas infantilidades. Nada de birras e beicinhos, devemos estar prontos para o que der e vier.

Essa estrutura inquebrantável não vem pronta, ela tem que ir sendo formada. Pois ninguém nasce pronto e nem sabendo de tudo. O primeiro lugar onde a pessoa é forjada para o sucesso é na sua família. Por isso, bem-aventurados aqueles que foram muito exigidos em casa, que o pai não poupou, pois eles criaram resistência.

Pesquisas mostram que alguns órfãos e/ou adotados estão entre os homens de maior sucesso no mundo. Uma pessoa criada um ambiente hostil pode aprender resiliência e determinação para romper os obstáculos e tornar-se vencedora. Steve Jobs, por exemplo, filho de mãe solteira que o rejeitou logo após seu nascimento, passou por várias famílias antes de se tornar membro da família Jobs. Tornou-se inventor, empresário, magnata americano no setor da informática, e presidente e diretor executivo da Apple. Ao passo que pessoas criadas mimadas e sem dificuldades financeiras não desenvolvem fibra interior e tornam-se depressivas e infelizes diante das dificuldades da vida. Dê graças a Deus, portanto, por líderes e pais que o disciplinam e forjam seu caráter.

 

 

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress