Faça sua doação

Aprenda a amar a si mesmo

Área de Conteúdo

Aprenda a amar a si mesmo

Aprenda a amar a si mesmo

Comece a se amar agora mesmo, ainda que você enxergue mais fraquezas do que virtudes em sua vida. As pessoas precisam aceitar quem elas são, mas isso não quer dizer que devam se conformar com suas imperfeições, e sim que devem se amar apesar de suas falhas. Então, à medida que você vai caminhando, estará sendo lapidada pela vida e se tornando uma versão cada vez melhor de si mesma. Por mais que você ainda não seja quem gostaria de ser, aceite-se, ame-se.  O primeiro aspecto prático do amor é o amor a si mesma. Você precisa se amar adequadamente, pois existe uma diferença entre amar e amar adequadamente.

O amor próprio e a autoestima adequada fazem parte do crescimento espiritual.  A Palavra de Deus nos ensina sobre amar a Deus acima de todas as coisas, e ao próximo como a si mesmo. Então, se você não aprender a se amar, não terá como amar ao próximo e a Deus efetivamente. Se você não pode amar a si, que é você mesma, e se não pode amar seu próximo que pode ver, tocar e com ela se relacionar, como amará a Deus, que não vê?

Às vezes, as pessoas repetem muito que não gostam de seu corpo, que não se acham inteligentes ou interessantes, que se acham frágeis ou medrosas e se esquecem de olhar para suas qualidades e forças. O problema maior disso é que a repetição excessiva dessas afirmações ou crenças negativas causam efeitos nocivos na mente dessas pessoas, alterando seus pensamentos, crenças e comportamentos, puxando-as para uma espiral negativa.

Muitas vezes, as pessoas têm medo quando falamos em amor-próprio ou autoestima, e perguntam se não há perigo de elas se amarem demais. Mas não há perigo nisso, assim como não há perigo em ser saudável demais. Tudo que Deus faz é perfeito. Precisamos começar a investir em nossas vidas, pois, sem esse investimento, os propósitos e projetos de Deus não poderão se cumprir.

 

 

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress