Faça sua doação

Bispa Lúcia Rodovalho ministra nos cultos de domingo sobre o aprendizado em fazer escolhas

Área de Conteúdo

Bispa Lúcia Rodovalho ministra nos cultos de domingo sobre o aprendizado em fazer escolhas

Bispa Lúcia Rodovalho ministra nos cultos de domingo sobre o aprendizado em fazer escolhas

Nos cultos de domingo, 19, na Embaixada Sara Nossa Terra, o louvor foi marcado pela Banda Arena Louvor e dá cantora Alda Célia. Na explanação da palavra, Bispa Lúcia Rodovalho, com base no livro de Salmo 55: 1-3, definiu que nossas escolhas definem o nosso futuro. No entanto, ressaltou que temos que aprender o processo por meio da palavra de Deus. “No salmo 51, Davi lamentava a traição dos amigos e descreve uma das batalhas mais dolorosas pelas quais vivenciou. Isto é, ele foi pego de surpresa contudo, ele não ficou preso às frustrações. Quais são as atitudes que você toma nos momentos difíceis? O grande problema é que querem  lutar às guerras sozinhos”, alertou.
Na perspectiva da palavra, Bispa Lúcia  salientou que todos nós passamos por situações que nos desestabilizam. “Quando as circunstâncias nos atingem emocionalmente, a tendência é perdemos nossa força. Inclusive, a crise de pânico está vilculada à culpa. No caso de Davi, o gatilho era culpabilidade pois seu filho Absalão tinha vivido uma situação constrangedora com o irmão mais velho; e Davi ao saber da tragédia que aconteceu com a filha Tamar, não fez nada com Amnon que tinha sido o culpado do estupro. E diante desta fatalidade, Abslão matou o irmão mais velho, gerando uma distância  e consequentemente uma crise de ansiedade no Rei ao saber que seu próprio filho assassinou seu primogêntino. Davi estava em estado de pânico, achando que estava perdendo tudo entretanto, no versículo 23 do Salmo 55, podemos observar que ele se apega em seu relacionamento com o Senhor. Ou seja, devemos servir a Deus para que possamos nos tornar mais fortes. O que é o Eterno para você nos momentos difíceis? O medo não pode guiar suas decisões. Suas escolhas têm gerado resultados doces ou amargos? Se você não escolhe, outros escolherão por você”, completou.
Na conclusão da preleção, a preletora evidenciou que ninguém passa pela vida sem problemas e que Deus nos dá o controle de assumirmos o controle de nossas emoções. “Não deixe que o problema se torne maior que sua fé. Pare de viver em lamentação, escolha a confiança em vez da preocupação. Pessoas que são vítimas, preferem viver a intensidade do medo que as paralisa. Davi havia feito uma escolha consciente de viver pela fé, ele venceu ao gigante. Faça uma escolha: Não viva as preocupações do amanhã, mas sim as expectativas estabelecidas pela palavra de Deus”, concluiu.
Confira fotos:

Credito das fotos: Gabriel de Souza
Texto: estagiário Bruno Faria sob supervisão de Jeane Magalhães
 

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress