Faça sua doação

Bispa Ana Célia Lira ministra nos cultos de domingo sobre colheitas e restituição

Área de Conteúdo

Bispa Ana Célia Lira ministra nos cultos de domingo sobre colheitas e restituição

Bispa Ana Célia Lira ministra nos cultos de domingo sobre colheitas e restituição

Os cultos deste domingo, 22, na Embaixada Sara Nossa Terra, em Brasília,  foram marcados por orações diante da expectativa do Natal e Ano Novo. Pessoas e famílias diante do altar agradeceram pelo ano de 2019 e ainda intercederam para que 2020 se propague em novas bênçãos, sinais e milagres.
Na explanação da palavra, bispa Ana Célia Lira, com base no livro de Lucas 6:6-10, ministrou sobre colheitas e restituição. Ao citar ao texto bíblico, exemplificou-se a história de um homem que foi chamado por Jesus e teve a mão mirrada curada.  “Não importa o defeito que você tenha, pois existe o milagre e restauração na sua vida. Quero te dizer: Jesus te convida para vir para o meio e vai restaurar todas as áreas de sua vida. Não sei qual a sua necessidade, mas quero que tenha a certeza que o milagre vai acontecer. No entanto, a mão direita serve para tratar-se de onde aramos, colhemos e temos comunhão. Em outro aspecto, muitas vezes você sente-se discriminado, mas saiba que aqueles que te humilharam, irão querer pegar na sua mão”, completou.
No decorrer da preleção, a bispa destacou que Jesus está a frente da história da vida das pessoas, quando existe uma busca, submissão e obediência. “ Quando conduzimos alguém, nos sentimos seguros. Deus te pega pela mão e te diz para não temer. Hoje, o Senhor muda sua história! Não esteja paralisado diante de indivíduos que te acusam por pecados que já foram perdoados. Tome posse de quem você é em Deus. Se você está em sintonia com o Eterno, você tem tudo. Quer dizer, aquele homem passou por discriminação, mas Jesus o chamou diante de todos. A Sara Nossa Terra é uma igreja  que se preocupa com você e sua família. Portanto, traga toda situação seca que foi roubada em sua vida e comece a orar agora. Não somos aqueles que retrocedem e desanimam. O tempo do Senhor é agora! Acredite e venha para o meio. Que toda sequidão seja molhada pelas águas que estão em nosso meio”, completou.
Crédito das fotos: Gabriel Souza

Texto: Estagiário Bruno Faria sob supervisão de Jeane Magalhães
 

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress