Faça sua doação

Arena Jovem Sede (21.01) Pastora Pamella Brandão ministra sobre os zumbis

Área de Conteúdo

Arena Jovem Sede (21.01) Pastora Pamella Brandão ministra sobre os zumbis

Arena Jovem Sede (21.01) Pastora Pamella Brandão ministra sobre os zumbis

IMG_4137A nova série do Arena Jovem “A cura” tem a ideia de trazer o que seria a cura para essa geração. Qual é a cura que o mundo está precisando? Qual é a cura necessária também para aqueles que estão dentro da igreja? Com esses questionamentos, mais uma palavra ministrada pela pastora Pamella Brandão chamou a atenção dos jovens da Embaixada Sara Nossa Terra, em Brasília, na noite deste sábado (21). Com o tema os zumbis, a preletora ressaltou que para existir a cura há a necessidade de ter um doente para recebê-la e os zumbis são essas pessoas.

Pamella explicou também qual o objetivo dos zumbis, fazendo um parâmetro de comparação com séries famosas e histórias fictícias com os personagens, ela afirmou que o real sentido deles é se alimentar de alguma coisa. “Eles não pensam, mas possuem um instinto dentro deles de se alimentar. Nesse objetivo deles é que eles contaminam as outras pessoas. O zumbi não tem mais o espírito e tem as suas necessidades como prioridade.”

Com a passagem de Apocalipse 3:1, a preletora disse: “Muitos de nós que estamos na igreja querendo ou não as vezes acabamos sendo. O zumbi é movido por uma semente chamada insatisfação. A insatisfação é a raiz de Lúcifer, porque foi ela que fez com que ele se rebelasse. Ao olharmos hoje para a nossa sociedade, para a nossa cura, vamos perceber que somos pessoas totalmente insatisfeitas. Isso pode nos transformar em zumbis”.

Destacou ainda que, as pessoas geralmente não estão satisfeitas com o que possuem e isso vai pouco a pouco transformando-as em zumbis. “Eles não tem planejamento de futuro, vive em função das suas necessidades, porque a insatisfação tira isso da gente. Começamos a correr somente atrás das nossas necessidades e ficamos como mortos vivos nas situações, apenas de corpo presente, deixamos de viver o que temos, além de vivermos sem sonhos”.

Confira as fotos:


Créditos fotos: Ronaldo Caldas

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress