Faça sua doação

Arena Jovem Sede (11.06) – Pastora Pamella Brandão fala sobre o Reino dos Excessos

Área de Conteúdo

Arena Jovem Sede (11.06) – Pastora Pamella Brandão fala sobre o Reino dos Excessos

Arena Jovem Sede (11.06) – Pastora Pamella Brandão fala sobre o Reino dos Excessos

Arena Jovem SedeDe acordo com o dicionário, a etimologia da palavra excesso é tudo aquilo que está a mais. Quantidade que excede os limites comuns e ordinários de alguma coisa, ou seja, tudo que é desregrado ou além do necessário. E foi justamente chamando a atenção dos jovens para este termo, que a pastora Pamella Brandão falou sobre o Reino dos Excessos.

Durante o Culto Arena Jovem, na Embaixada Sara Nossa Terra, a preletora observou que desde a infância, as pessoas são ensinadas que tudo tem limite, que tudo que é demais faz mal e com isso, passam a ter o discernimento que esses excessos resultarão em alguma consequência, que o mundo faz questão de “camuflar”, mostrando exatamente o contrário.“Uma série de coisas que nos é colocado limites, a gente sabe que tem consequências ruins e mesmo assim, muitas vezes praticamos, mas por que fazemos isso? Porque a nossa vontade, o nosso eu de satisfazer aquela necessidade é maior e nos faz extrapolar os limites que devemos seguir, e isso é o que o excesso faz com a gente”.

Pastora Pamella salientou ainda que, os excessos e vontades desenfreados vem muito forte por meio de frases e com o que o mundo oferece e os valores, por sua vez, acabam ficando invertidos. Então, os limites e a obediência, por exemplo, são considerados caretas, ultrapassados, pois o mundo mostra que para ser popular, legal, as pessoas têm que fazer o que lhe vem à cabeça.

Mas então, quais as consequências de uma vida sem limites e cheia de excessos? Pamella destacou que as pesquisas mostram que, cada vez mais pessoas estão ficando obesas, viciadas, têm desequilíbrios emocionais, além de quererem tudo para ontem, a questão do imediatismo. Mas o que deve prevalecer mesmo são os mandamentos da Palavra de Deus. Com isso, a preletora citou a passagem Bíblica de Gênesis 2: 15-17.  “Deus nos deu o domínio sobre todas as coisas, dando isso à Adão, como colocar nome nas coisas, nos animais, mas existia uma árvore no Jardim do Éden que Adão não poderia comer, ou seja, Deus colocou limite”.

Diante disso e trazendo para os dias atuais, Pamella destacou que podem existir muitas áreas na vida das pessoas que ninguém ver, mas que podem estar sendo acumuladas e assim, sem perceber, as pessoas acabam dando espaço para que o excesso os consuma e os controle. Para saber como as pessoas dão lugar ao reinado dos excessos, citou algumas atitudes como: querer sair com os amigos quase todos os dias da semana e com isso, perder horas de estudos e se dar mal nas provas e no trabalho. Ficar muitas horas conectados às redes sociais. Comprar algo por estar em promoção, sem ao menos saber se tem necessidade daquilo, querer o que o outro tem, não conseguir se desfazer de roupas e coisas pessoais ou mesmo, comer sem estar com fome.

“Tudo que você faz demais, não é de Deus e satanás ama o excesso, porque ele mora no excesso e isso te afasta do motivo que você foi criado, que é amar a Deus e também as pessoas. O excesso te afasta do seu propósito, porque lhe faz pensar só em você, e assim você se esquece de Deus e do seu próximo e acaba virando uma pessoa egoísta. Satanás adora o excesso, porque Deus é exatamente o contrário, ou seja, o equilíbrio e você precisa destronar esse reino do excesso, porque você nasceu para ser alguém equilibrado, amar a Deus sobre todas as coisas e ajudar o seu próximo”, finalizou.

Confira fotos:

Crédito das fotos: Ronaldo Caldas

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress