Faça sua doação

Arena Jovem Ceilândia (02.05) Bispa Maíra Cunha inicia série O povo da Cruz

Área de Conteúdo

Arena Jovem Ceilândia (02.05) Bispa Maíra Cunha inicia série O povo da Cruz

Arena Jovem Ceilândia (02.05) Bispa Maíra Cunha inicia série O povo da Cruz

4T2A5730

A noite deste sábado, 2, começou com muita animação e momentos de intensa oração no Arena Jovem da Ceilândia, cidade satélite do Distrito Federal. Bispa Maíra Cunha iniciou a série O povo da Cruz, com o tema intimidade com Deus.

A preletora indagou aos presentes a que povo cada um pertence. Baseada no vídeo em que os 21 homens são mortos decapitados por declararem sua fé cristã, disse: “Nós não precisamos passar por tudo isso, podemos buscar a Deus. Muitos ficam presos a uma falsa liberdade, enquanto outros morrem por professar sua fé”.

Com a citação da passagem Bíblica de Hebreus 11:13-38 falou do exemplo do mártir Estevão, que morreu pregando a Palavra de Deus. Ressaltou também a importância de ser cheio do Espírito Santo.

“Existem benefícios quando temos intimidade com Deus. A coragem e a integridade formam um cristão, é preciso tê-las para além do mundo.A intimidade tem que estar dentro de você, através da sua fé em Cristo e não nas coisas externas”, afirmou Bispa Maíra.

Falou ainda, da necessidade de se entregar a Deus sem querer saber das coisas do alto, porque elas competem a Ele. “Deus sabe todas as coisas, cabe a você busca-Lo, afastando-se do pecado para estar próximo d’Ele. Você pode até passar por situações difíceis, mas tudo é para que você tenha mais intimidade com o Senhor”, completou.

Testemunhos

4T2A5707“Vim para o Arena Jovem por meio da minha namorada, que hoje é minha esposa, e ao ir até o altar algo diferente me tocou. Senti que o Espírito Santo estava ali, foi algo diferente. Então fiz o Revisão de Vidas, me tornei líder, casei e o tempo começou a ficar um pouco complicado para continuar participando e sentia muita falta. Então decidi sair do emprego que me atrapalhava e vim para o Arena. Ao retornar senti-me profundamente tocado, que não parava de chorar. Ali Deus me conduziu e que nada pode me tirar daqui”, conta Helton John Neres Rocha, 27, chaveiro.

4T2A5718“Não sabia o que era a Sara Nossa Terra, até que uma colega de trabalho me falou do Revisão de Vidas. Eu era usuário de diversas drogas, usava cocaína há oito anos e resolvi ir. Faltavam dois dias e na data eu nem sabia onde ficava a igreja. Vivia no mundo com tudo que ele podia oferecer. Ali no Revisão eu me converti, mudei todos os meus ideais em outubro de 2010. Depois disso, eu nunca mais usei drogas e comecei a participar do Arena Jovem. Me apaixonei e tudo mexeu muito comigo, por ser um lugar de diversidade, que fala de Deus com alegria. Foquei minha vida aqui e me tornei líder. O Arena é um novo estilo de vida”, conta Luis Carlos Gonçalves Domingues, 27, publicitário.

Confira as fotos:

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress