Faça sua doação

Adriana Ranghetti conta que passou por duas experiências em relação ao milagre da maternidade

Área de Conteúdo

Adriana Ranghetti conta que passou por duas experiências em relação ao milagre da maternidade

Adriana Ranghetti conta que passou por duas experiências em relação ao milagre da maternidade

Devido à menopausa precoce, de acordo com os médicos, Adriana Ranghetti conta que não poderia ter filhos. No entanto, o milagre aconteceu com os dois filhos que ela e o marido Fábio tiveram. Inclusive, na segunda gestação, Deus usou o filho de apenas três anos de idade para anunciar novamente que ela estava grávida. “Vim para a igreja por meio do convite do meu esposo, que na época era meu namorado, e eu sempre fui muito resistente aos evangélicos. Tinha uma formação em outras duas religiões e, literalmente, banalizava e não aceitava a igreja em si, mas o Fábio tentava me evangelizar. E naquela altura estava com minha vida extremamente arrebentada”, lembra.

A Personal Trainer  tinha terminado um relacionamento extremamente abusivo, violento em meio a vícios, drogas e baladas. “ Eu pensei:  já tinha experimentando tanta coisa errada, porque eu não poderia tentar? E  quando fomos à Sara Nossa Terra, aqui no Paraná, vi o bispo Artur. Na pregação ele descrevia minha vida em detalhes.Tudo que eu sentia e tinha passado. Cheguei a questionar ao Fábio se ele tinha contado a minha vida para aquele homem, mas ele me disse que era o Espírito Santo. A partir daquele dia eu nunca mais saí da Presença de Deus”, recorda.

Ao se casarem, o marido jogava futebol profissional e estava em cidades diferentes. Mas mesmo assim eles mantiveram a célula. Mudaram por causa do emprego do marido para a cidade de Lages, no Rio Grande do Sul. Mas iam à SNT de Caxias, onde, em certa noite, Adriana recebeu uma palavra profética que novamente receberia um novo milagre da maternidade. “ Novamente, de acordo com os médicos, eu não teria possibilidade de engravidar. Inclusive, repreendi aquelas palavras de maldição na minha vida e quando saímos de lá, dobramos o joelho e choramos. Buscamos em campanha, e neste processo fomos à Caxias do Sul e em um dos cultos , o Bispo Toneti estava lá e chegou sobre mim e profetizou uma palavra. Ele não conhecia minha história, não sabia o que eu estava passando. Ele falou sobre os personagens bíblicos,  Ana e Samuel, e meu filho mais velho, de três anos, falava que tinha um bebê dentro da minha barriga. E foi assim que mais uma vez descobri que estava milagrosamente grávida. Levei o exame para o médico que eu tinha repreendido por ter me lançado a maldição e ele disse que “a medicina nos surpreende”, mas meu esposo fez questão de frisar que Deus, esse sim nos surpreendia. Voltamos para Cascavel e descobri que tinha uma gravidez embrionária, tive um aborto. Mas novamente clamei e chorei na presença de Deus e descansei.  Depois de um tempo, ao fazer exame para saber se estava tudo bem com meu útero, descobri que estava grávida de oito semanas e o novo milagre aconteceu!. Desde o momento que entrei na igreja, em 2007, literalmente me coloquei à disposição do Reino de Deus”, desataca.

 

Texto: estagiário Bruno Faria sob supervisão de Jeane Magalhães

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress