Faça sua doação

A luta do século entre Manny Pacquiao e Floyd Mayweather acontece neste sábado, 2 de maio

Área de Conteúdo

A luta do século entre Manny Pacquiao e Floyd Mayweather acontece neste sábado, 2 de maio

A luta do século entre Manny Pacquiao e Floyd Mayweather acontece neste sábado, 2 de maio


maxresdefaultNeste sábado,2, acontece o que está sendo nomeado a “Luta do século”, entre os lutadores Manny Pacquiao e Floyd Mayweather. O combate define quem fica com os títulos, além de dar ao vencedor a condição de maior boxeador peso-por-peso dos dias atuais. A luta estava sendo negociada há mais ou menos cinco anos. 

“O que o mundo estava esperando chegou. Mayweather vs. Pacquiao no dia 2 de maio, 2015, está fechado. Eu prometi aos fãs que faríamos isso, e fizemos. Vamos fazer história no dia 2 de maio. Não percam! Esse é o contrato assinado pelos dois lutadores”, publicou Mayweather na rede social, em conjunto com uma foto do acordo.

Ambos possuem carreiras sólidas e currículos incríveis. O americano Mayweather, 38, está invicto das 47 lutas do boxe profissional (26 nocautes) e dono dos títulos da Associação Mundial de Boxe (AMB) e do Conselho Mundial de Boxe (CMB). O filipino Pacquiao, 36, também apresenta diversas conquistas e possui o cinturão da Organização Mundial de Boxe (OMB), além de ser cristão.

Para Pacquiao, o embate significa muito mais do que enfrentar o lutador invicto. Ele sente o peso de seu fãs, fé e família em suas costas.”Eu quero agradar ao Senhor, minha10408548_1423731701264185_2968668028044169319_n família, e meus fãs com esta luta”, disse ele ao The Christian Post, em entrevista publicada terça-feira. “Eu quero que eles saibam que eu lutei por Deus e meu país, para trazê-los de honra e glória.”

Em sua página da rede social Facebook, Pacquiao posta diariamente frases com mensagens e versículos bíblicos para seus milhões de fãs e seguidores. “Eu quero me preparar mentalmente assim como eu faço com todas as minhas outras lutas”, disse Pacquiao. “Eu acho que eu estou treinando para esta luta com um pouco mais de foco. Espiritualmente, eu rezo para mim e também para o meu adversário.”

Embora nunca tenha sido um grande pilar de sua comunidade, afirma que sentiu que tinha uma necessidade e que ela se chama Jesus Cristo, dessa forma colocou sua confiança e esperança n’Ele. Com a chegada da luta contra Mayweather, considerada a maior da carreira de Pacquiao, o marido e pai de cinco filhos diz que há mais coisas em sua vida que o boxe. “Eu amo meu boxe, mas agora percebo que não é tudo em minha vida,” disse ele. “Eu só quero encorajar todos aqueles que são cristãos, para partilharem as suas experiências de salvação para os outros. Eu acho que poderíamos fazer um impacto no mundo”, conta.

Compartilhe:
X
Angelo Rocha Desenvolvimento WordPress