Notícias

Notícias Mundo + Notícias Sara Nossa Terra Notícias Testemunhos

Bispos Robson e Lúcia Rodovalho,Randy Morrison e muito louvor marcam manhã da Celebração

collage_photocatNo segundo dia da Celebração Profética 2017, no Campus Arena, em Brasília cantor Hélio Borges e banda foi o responsável por animar a todos já nos primeiros momentos do evento, que contou com ministrações poderosas. Para começar com uma palavra de estímulo sobre os princípios de Deus o pastor Randy Morrison, de Minnesota, nos Estados Unidos, prendeu a atenção de todos em cada observação apresentada.

O livro de Lucas 5:8, que narra a importância de confiar na presença de Deus e a amizade fiel praticada pelos quatro homens que ajudaram o leproso chegar até Jesus, foi utilizada pelo preletor. “Se você quer chegar até a abundância você tem reconhecer a presença de Deus. Os fariseus estavam na presença de Deus, mas não o reconheceram e o fato de você estar aqui não quer dizer que você vai experimentar a presença de Deus, por isso é preciso reconhecer as oportunidades. Se você quer ir em direção a presença de Deus, você tem que olhar os seus amigos, porque eles vão te levar a esses lugares. Com os meus amigos nós falamos sobre propósito e é isso que você precisa fazer, mas se eles não estão te levando até Jesus, eles não são os teus amigos”

Randy Morrisson destacou que quando os obstáculos acontecem na nossa vida, a nossa tendência é perdermos o entusiasmo. “Não desista do seu sonho! Quando existe uma vontade, existe um caminho. Esse era o alvo dos amigos, porque eles acreditavam que tinha um caminho. A sociedade pode desistir das pessoas, mas Deus não”.

Dando continuidade às ministrações, Bispa Lúcia tomou a Palavra e destacou que o chamado de Deus para o homem é para que possa andar em plenitude, mas o que significa isso? Significa receber graça sobre graça do Senhor, receber o favor de Deus em suas vidas. “Nós temos um reservatório da graça, de vida. A Bíblia diz que Jesus diz que do seu interior vai fluir rios de águas vivas, mas muitas vezes este reservatório está estancado. Esse rio está impossibilitado de jorrar e a nossa responsabilidade é liberá-lo, mas muitas vezes esse rio não flui trazendo vidas, porque o nosso interior está sujo com resquícios de dor, angústias e decepções”.

A preletora observou que andar com Deus é algo que dá muita alegria, mas também tem um peso grande porque no caminho encontra-se resistência. Destacou como exemplo a vida de  Abraão que precisou ter discernimento para viver a plenitude de Deus, circuncidando o seu coração a Deus. ” Deus quer fazer uma aliança com a gente, não é a circuncisão do Velho Testamento, mas a circuncisão do nosso coração. Sem aliança Deus não cumpre a Sua Palavra na sua vida, mas por que então Abraão não foi circuncidado antes? Porque a Deus pertence o tempo, e Ele habita no tempo, na eternidade. Deus esperou o momento da circuncisão para ser o momento da aliança. Enquanto o seu coração não estiver circuncidado, ele não terá condição para que a Palavra de Deus floresça. Circuncisão é aliança e a aliança abre as portas dos milagres”, destacou.

Bispo Robson Rodovalho encerrou a manhã de ministrações, mas antes, junto com o público e família, felicitou Bispa Lúcia por seu aniversário, comemorado no dia 09 de janeiro.  Já para o tema da Palavra, Bispo Rodovalho compartilhou sobre como Deus fecha o Seu ministério. A passagem de João 21 foi utilizada como referência e sobre ela Rodovalho indagou: “Já pensou trabalhar a noite inteira e no dia seguinte não ter o que comer? O povo da plenitude toca a mão e tem abundância.”

Se no livro de Lucas mostra que Jesus abriu o seu ministério com a pesca maravilhosa, em João Ele atesta a grandiosidade do Seu poder. “Como Jesus fecha o seu ministério? Ele vem e faz o milagre mais forte, uma plenitude com abundância, mas a chave é obedecer a Palavra do Senhor. Mesmo que você tenha trabalhado e não tenha resultado, Jesus vai entrar na sua história. Pega a sua rede e lança porque você vai colher”, profetizou.

Confira fotos:

Crédito das fotos: Ronaldo Caldas

Deixe uma resposta