Notícias

Notícias Mundo + Notícias Sara Nossa Terra Notícias Testemunhos

Neuza saiu do RS para ser curada em Dourados/MS após testemunho da filha

tA mineira Neuza Andrade dos Reis está voltando para casa em Erechim no Rio Grande do Sul após ter sido curada de lesões provocadas por um AVC (Acidente Vascular Cerebral). A história emocionante do milagre recebido aconteceu durante um dos revisões de mulheres realizado pela Sara Nossa Terra do Jardim Água Boa.
Tudo começou quando a filha dela, Saionara Andrade de 38 anos, que mora em Dourados, participou de um ‘Revisão de Vidas’ no ano passado. Saionara tinha uma deficiência no braço direito que impedia os movimentos. Após a passar pelo encontro, a mulher foi curada e o braço, que antes era imóvel, tornou a ter vigor e flexibilidade.
Maravilhada com o milagre, Saionara decidiu chamar a mãe para viajar quase mil quilômetros e ter a oportunidade de viver um encontro sobrenatural com Deus. Neuza, que já vinha a cada seis meses para a cidade sul-mato-grossense, arrumou as malas e ao chegar a Dourados, ela contou que se surpreendeu ao ver a filha curada.  “Eu me surpreendi, nunca tinha imaginado ver a minha filha curada” disse emocionada.
Sem demoras, Saionara preparou a mãe para participar do próximo encontro de mulheres, que foi realizado no início de dezembro. “No dia eu não queria mais ir, tinha desistido. Mas até meu marido, que não tem nenhuma religião, me pegou pelo braço e disse: ‘vamos Neuza, você vai sim para esse encontro’, e então eu fui” relembra.
A mineira chegou ao Revisão de Vidas com dificuldades para locomoção, decorrentes a sequelas provocadas por um AVC sofrido há seis anos. Ela dependia de muletas e mal conseguia ficar em pé. Além disso, a encontrista sofria com deficiência no aparelho auditivo que prejudicava a audição há 20 anos.
Durante um dos momentos de oração no Revisão, Neuza teve de ficar em pé apoiada na muleta que a acompanhava desde 2011. Ao receber oração do Diácono Anderson Nunes, a mulher começou a sentir muitas dores na perna até o momento que sentiu um forte estralo no joelho. “Foi muito intenso. Senti um estralo que chamou a minha atenção. Eu senti que algo havia acontecido” disse emocionada.
“Naquele dia, abandonei a muleta, passei a andar independentemente depois de seis anos e, além disso, voltei a escutar e ver perfeitamente, pois também tinha dificuldades para enxergar com o olho esquerdo. Deus me curou” afirma. Agora, Neuza volta para casa na região sul do País e busca encontrar uma Sara Nossa Terra na cidade onde mora. “Se eu pudesse gritaria para todo mundo saber o que Deus fez na minha vida através dessa igreja. O meu milagre aconteceu. Eu fui curada” disse ao ressaltar que agora ela consegue fazer algo que tanto desejava e não conseguia: orar de joelhos ao chão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *