Notícias

Notícias Mundo + Notícias Sara Nossa Terra Notícias Testemunhos

Feriado Nacional lota Campus Arena para o Congresso de Homens, em Brasília

montagemA manhã desta quinta-feira, 21, Feriado Nacional, foi de muito crescimento, ensinamento e marcou a vida de milhares de homens que compareceram ao Congresso de Homens 2016, no Campus Arena, em Brasília. Após um intenso louvor realizado pelo cantor Hélio Borges, a primeira palavra ministrada foi a do Dr. Cláudio Borges (médico, conferencista e pastor), que abordou sobre a “Qualidade de vida do homem”, destacando a alimentação e atividade física como fatores preponderantes para uma vida saudável.

O preletor destacou algumas pesquisas relevantes que falam sobre as principais doenças que têm contribuído para uma diminuição na qualidade de vida do homem como a obesidade, hipertensão, diabetes, disfunção de ereção e ejaculação precoce, que ainda assustam muitas pessoas e são fatores de grande procura em consultórios médicos. “Quando a gente não para pra dar atenção ao corpo e a boca, eles fazem a gente parar para dar atenção a eles”, disse.

Citou os significados e características de cada doença e observou que as chamadas de atenção não se tratam de uma cultura ao corpo, mas de saúde, como o próprio livro de Coríntios 3 fala. “Somos o templo da habitação da Casa de Deus e como está essa casa? Este ano, quantos aqui procuraram ver a qualidade da boca? Quantos usam filtro solar? E isso não é frescura, pra prevenção do câncer de pelo. Somos aquilo que repetidamente fazemos. Falar de saúde do homem é falar daquilo que enche o meu consultório”, disse o preletor.

Em seguida, tomou a palavra o master coach e psicanalista Homero Reis que    falou do tema “Construindo homens que prevalecem nos desafios da vida”. Para iniciar, diferenciou o significado de “macho” e “homem”, exemplificando o último conselho de Davi ao seu filho Salomão. “A gente aprende a ser homem porque vivemos numa relação social que nos ensina esse papel. Na história da humanidade esse “ser homem” foi construído de uma forma muito especial. O homem que ia pra caça, enquanto a mulher era a cuidadora e o homem mantenedor desse processo. Então, não basta ser macho e o reprodutor, mas ser alguém responsável por cuidar. Ser homem é ser capaz de praticar atos de servir. Não é a capacidade de fazer filho, mas ser capaz de ter conduta, opções de futuro, de sustentar essas coisas como garantia de vida”.

Em sua abordagem citou algumas caraterísticas intrínsecas do homem que devem ser  praticadas no dia a dia para que o mesmo obtenha sucesso. ” O homem é questionador. Se não sou capaz de questionar, não sou capaz de crescer. O conceito de ser homem é agregar pessoas ao redor de si. O nosso primeiro desafio enquanto homem é saber que o futuro depende do que fazemos hoje. Esse mundo de corrupção não nasceu por acaso, mas das escolhas que fizemos. Não precisamos apenas prender os corruptos, mas capazes de educá-los para não serem. Homens que prevalecem são os que não tem medo da luta e vivem na dimensão do amor. Se sou capaz do serviço, do acolhimento, do amor, eu reacendo no mundo a chama da esperança”.

Após um rápido intervalo, Bispa Lúcia conduziu e deu segmento às pregações, falando sobre A Força do Homem, baseado em seu mais novo livro que leva o mesmo título. Citou em sua ministração a passagem Bíblica de Gênesis 2, a qual narra que o Senhor criou o homem com um propósito. “Uma das funções do homem na terra, nos relacionamentos é de guardião e protetor. Aquele que tem discernimento e capacidade de avaliação, diferente da mulher que é mais emoção do que razão. O homem tem a função de onde estiver, guardar as pessoas que amam, o ambiente em que se encontra, porque foi Deus quem deu essa capacidade. Por isso, você tem que descobrir o propósito da sua vida, porque a sua força está no seu propósito”.

Enfatizou que o homem por natureza não quer conflito, por ser muito racional e não quer mexer com o seu lado emocional, porque assim como Adão, ele se esconde para não ter que prestar contas a alguém. “Quando o homem se sente “acoado”, ele foge e abandona a sua família. O seu erro te esconde, mas quando você os aceitas ele te fortalece. Qual tem sido o seu medo? O que esconde através dessa passividade ou dessa agressividade? Conflitos emocionais não se resolvem sozinhos, é preciso confessar. Vá até o seu líder e se abra com ele. Chega de carregar essa dor e esse fardo, você pode hoje deixar a sua dor aqui no altar. Deus vai lhe trazer soluções, porque vocês são escolhidos. Deus vai te encher de forças, mas primeiro Ele precisa curar a sua dor”.

Para finalizar, foi realizado uma encenação dos conflitos existentes entre pais e filhos, que demonstrou que presença de Deus, há perdão.  A última palavra foi partilhada pelo Bispo Robson Rodovalho que encerrou o evento destacando Os Dons de Deus, assunto abordado em seu mais recente livro  “O Dom de Adquirir Riquezas”. Diante do tema, observou que independente das crises, as bênçãos de Deus prevalecem. “Ter bênçãos e bens. Isso é dom. Eu conheço pessoas que trabalham, lutam e não têm patrimônio, não têm remuneração adequada daquilo que eles trabalham. Mas o dom de Deus cria as oportunidades que você precisa. Ele constrói as circunstâncias, com os Seus dons. Se você estiver numa circunstancias de pessoas que só te afastam, um lugar que não flui, Deus vai te dar um melhor lugar”, disse.

Finalizou dizendo que o homem precisa lutar com Deus e prevalecer com as armas espirituais, com jejuns e orações. “Receba a unção deste dom na sua mente e tenha a unção de prevalecer onde entrar, porque você terá essa unção. Mais saiba que primeiro você vence com Deus, e junto com Ele você vence os homens. Lutastes com Deus e com os homens e prevalecestes”.

Confira fotos:

Crédito das fotos: Ronaldo Caldas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Image Lightbox Plugin