Notícias

Notícias Mundo + Notícias Sara Nossa Terra Notícias Testemunhos

Estudo aponta que pessoas que vão à igreja pirateiam menos

Ao menos na Inglaterra, religiosos tentam seguir à risca o mandamento que diz não roubar

SAMSUNG DIGITAL CAMERA

Você sabia, que na Inglaterra os cristãos consomem e produzem poucos produtos piratas, além de cometerem menos crimes?  Um estudo realizado pela Universidade de Manchester, no Reino Unido mostra esses dados. A pesquisa foi coordenada por Mark Litter, estudante de PhD, que queria associar visitas a igrejas à prática de crimes como o uso de drogas, furtos em lojas, sonegação de pequenas taxas e o download de músicas.

 “A pesquisa mostra que o ato de visitar templos religiosos pode ocasionar uma significante redução na possibilidade de envolvimento em certos tipos de crimes e comportamentos delinquentes”, explicou Litter ao site Torrent Freak, complementando que isso não é um papel exclusivo das igrejas, já que outras atividades e ações podem exercer papel similar.

Para isso foram ouvidas 1.124 pessoas com idades entre 18 e 34 anos. Por meio das respostas foi possível comprovar que a religião ensina as pessoas a terem um comportamento mais correto.

No Brasil a pirataria atinge a indústria fonográfica há muitos anos, mas tem menos força entre os consumidores evangélicos. Cientes de que a prática vai de encontro com o mandamento de “Não roubarás”, os cristãos evangélicos estão mais conscientes, o que tem feito gravadoras seculares se interessarem mais pelo mercado gospel.

Com informações Tech Mundo.

Imagem: Google

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Image Lightbox Plugin