Notícias

Notícias Mundo + Notícias Sara Nossa Terra Notícias Testemunhos

Culto de Quebra de Maldições (07.11) “Oração é a autorização para a intervenção divina”

“Quantos precisam ser recompensados?”, com esse questionamento Bispo Rodovalho deu início a sua pregação na noite desta terça-feira (07) no Culto de Quebra de Maldições na Embaixada Sara Nossa Terra, em Brasília. “Deus não liberou o meu milagre ainda porque Ele espera que eu vá para um lugar secreto, um lugar de oração e ao chegar na oração, eu já tenha uma sentença que Ele me recompensará”.

Por meio do texto bíblico de Mateus 6:6 questionou mais uma vez: “Por que Deus precisa da minha oração para liberar a recompensa?” E ensinou que Deus precisa da oração para liberar a provisão. “Oração é a autorização para a intervenção divina. Deus respeita o arbítrio humano e Ele não pode agir nas nossas vidas. Não existe no universo uma lei automática da providência, já que a queda de Adão e Eva quando eles pecaram, atrofiou esse conceito da providência de Deus, que hoje não vem só por Deus, mas pela autorização do homem.”

Durante a preleção, falou também sobre a natureza do ser humano em sempre querer ganhar. “É muito fácil cair na tentação de não perdoar o outro, de querer tudo só para mim, é muito fácil olhar só o meu lado não pensar no lado do outro. A bênção de Deus está na sua vida para aquilo que é teu, tem uma herança para você e Deus vai aumentá-la quanto mais você entender o que é seu e o que é do outro”, afirmou.

Confira as fotos:

Créditos fotos: Ronaldo Caldas

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *