Notícias

Notícias Mundo + Notícias Sara Nossa Terra Notícias Testemunhos

Culto de Conexão (11.01) Bispa Lis Assunção fala sobre consagrar o início do ano

“Muitas vezes a gente se esquece que o inicio do ano tem marcas fundamentais e as sementes que plantamos aqui, colhemos ao longo do ano”.  Essa observação deu embamento para a bispa Lis Assunção ministrar sobre a importância de consagrar o primeiro mês do ano a Deus na noite desta quinta-feira, 11, na Embaixada Sara Nossa Terra, em Brasília.

Falando sobre Rosh Hashaná , a cabeça do ano, destacou que os judeus acreditam que os primeiros dias do ano o homem tem que avaliar a sua vida como um todo, enquanto a sociedade ocidental deixa o mês de dezembro para fazer uma reflexão da sua vida. Por isso, disse que esse é um momento de entrar em introspecção e meditação para que seja seja gerado arrependimento e com isso a mudança acontecer.

Como exemplo sobre refletir o que Deus tem a vida de seus filhos, bispa Lis citou os livros de Salmos 49:3 e 49:20 e Gálas 6:7-9. Diante disso, observou que uma pessoa pode ter o dinheiro que for, conhecimento, mas se não tiver entendimento, sabedoria, ela é como um animal, uma pessoa qualquer. “Nós precisamos aprender que na Palavra de Deus tem segredos que mudam a nossa vida. Se você buscar a presença Dele, meditar no seu coração e falar com sabedoria, Deus vai abrir as portas para você. O importante não é o lugar que você nasceu, mas a sabedoria que você encontra em Deus. Você não nasceu para o quase, mas para entrar na terra prometida, você nasceu para vencer!”.

Sobre a meditação, bispa Lis salientou ainda que ela traz entendimento, identidade, e assim a pessoa consegue ver o que Deus tem de melhor para ela. “São nesses momentos com Deus que as pérolas preciosas são lançadas. Estamos em dias de Hosh Hashaná, vamos ouvir o que Deus tem para nós e se você meditar na Palavra de Deus, seus caminhos serão bem sucedidos. Então, busque a Palavra, medite na Palavra do Senhor”.

Para finalizar sua ministração, disse ainda que também é preciso arrepender-se que significa, ter uma mudança de mente. Para exemplificar, ilustrou: “O arrependimento não deve ser visto como culpa, chorar, mas é estar caminhando em uma direção que você sabe que não vai te fazer bem, que não agrada a Deus e então mudar de direção, porque o verdadeiro arrependimento faz você ter uma mudança de atitude. Deus não te acusa, porque Ele te ama, mas te chama para uma vida diferente!”.

Confira fotos:

Crédito das fotos: Gabriel de Souza

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *