Notícias

Notícias Mundo + Notícias Sara Nossa Terra Notícias Testemunhos

Celebração em Brasília continua a todo vapor! Saiba como foi a manhã no Arena Hall

Celebrações de inverno - Cash Luna-14Mais uma manhã animada iniciou-se na Celebração de Inverno, no Arena Hall, em Brasília. Após a intensa noite de abertura e gritos de guerra, todos estavam a todo vapor, com o louvor da Salzband. Muitos gritos, pulos e choros marcaram cada música da banda, que também apresentou suas novas canções, do CD Sice Cera.

Erika Mendes Rodrigues

Erika Mendes Rodrigues

A estudante Erika Mendes Rodrigues, 18, fã da banda, fala da sua experiência com as músicas da Salz. “A banda é muito boa, me sinto muito bem quando escuto suas composições, que por sinal, são muito inspiradoras. Gosto demais deles e a minha música preferida é Sal e Luz do mundo, que me remete a muitas coisas novas”, disse.

Bispa Lúcia Rodovalho, presidente do Ministério Sara Nossa Terra ministrou a primeira Palavra do dia e falou aos presentes sobre todas as coisas que Deus tem preparado para seu povo. Exortou-os a estender a visão da vida cristã, a entender quem é Deus e através do Espírito Santo alcançar vitórias.

Com base na passagem Bíblica de Isaias 54, disse: “Quando você deixa o lugar que Deus te colocou você tem que saber o limite do seu lugar. Não queira o lugar que Deus não te deu. Se algo esta acontecendo na sua vida é consequencia de algo que voce fez, das suas atitudes, do seu posicionamento”, disse.

Destacou também que é preciso preparar espaço para Deus agir. “Não espere transbordar para dar espaço. Antes que Deus alongue o seu ministério, Ele precisa esticar você. As vezes Deus não te dá aquilo que você está buscando porque não tem como suportar o que vem do exterior.

Priscila Angelo de Camargo

Priscila Angelo de Camargo

“Gostei muito da Palavra da Bispa Lúcia, principalmente quando ela falou sobre caráter. Muitas coisas me impactaram, mais ainda ao falar que você não consegue ir longe se Deus não mudar o seu interior e que quando saímos da posição Deus nos fere. Entendi que Deus não gosta quando queremos o que não conquistamos”, conta Priscila Angelo de Camargo, 20, estudante, de Fátima do Sul/MS.

“Pretextos sobrevem para nos provar e não limitar”, disse Bispo Robson Rodovalho, ao iniciar a sua pregação. Baseado na passagem Bíblica de Zacarias 4, afirmou também que, é preciso quebrar tudo aquilo que atrapalha sua vida ministerial, física e emocional.

Segundo Bispo Robson, depois que você quebra as maldições começa a expandir os seus limites. Crescimento vem depois da vitória no mundo espiritual. É necessário pensar no outro e deixar todo o egoísmo de lado, para que a obra possa ser completada e o Reino possa crescer.

“Você só enxerga o mundo espiritual e as suas causas quando Deus abre os seus olhos. Desperte para que os seus limites sejam expandidos e tudo aquilo que estava machucando você seja quebrado. Acorda, tudo o que você tem pode ser maior e melhor. É hora de crescer, quebrar os chifres e dilatar seus limites”, afirma Bispo Rodovalho.

Ricardo Pereira dos Santos

Ricardo Pereira dos Santos

Ricardo Pereira dos Santos, 30, empresário, de Goiânia/GO, fala sobre o que mais gostou na pregação do Bispo Robson. “A direção que ele deu, o comprometimento e os desafios me motivaram bastante. Gostei muito quando ele falou que nós só enxergamos o mundo espiritual quando Deus abre os nossos olhos. Foi muito boa a palavra”, disse.

Para encerrar a programação da manhã, o pastor da Guatemala, Cash Luna, exaltou a todos indagando quem é solteiro e casado. “Não é a mesma coisa ter a companhia de Deus e a manifestação de Deus. Ao tocar em Jesus, as pessoas alcançam milagres, porque Deus estava manifestado n’Ele. Se você não tem tempo para falar com Deus e vê-Lo, não será possível falar de Deus”, disse.

Com a passagem Bíblica de Lucas 8: 18, afirmou que Deus ama quem é original, não as cópias. “O que vai ser ter no futuro ou aquilo que você vai deixar de ter, vai depender de como, o que e a quem você olha. Você não crescerá na fé se não aprender a ouvir, porque a fé vem pelo ouvir e sai pelo falar”.

Fernanda Tainã Alves de Lima Castro

Fernanda Tainã Alves de Lima Castro

“Eu já tinha visto palavras do Cash Luna e não imaginava que Deus ia falar comigo por ele. Eu estava olhando para ele e pedia a Deus uma resposta e logo o Cash falou o que eu estava perguntando. Queria muito isso e quando você tem muitas ameaças tudo o que você quer ouvir é Deus falando. Foi simplesmente tremendo”, conta Fernanda Tainã Alves de Lima Castro, 32, funcionária pública, Dianópolis/TO.

Confira as fotos:

Fotógrafo: Willy e Maria Julia de Souza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *