Mensagens

VAI USAR A UNÇÃO COMO DAVI OU VAI CONSTRUIR COMO SALOMÃO?

No livro de 1 Crônicas 22:6-2 a gente vê uma coisa muito importante: Davi decidiu no seu coração edificar uma casa ao Senhor. Ele já tinha o Tabernáculo, mas para o que ele queria a casa?  O tabernáculo era provisório, mas a casa seria permanente. Deus falou a Davi  e ele sabia que seria o responsável por edificar o seu lar e isso é bom, só que ele não poderia fazer isso porque ele era um homem de guerra. Ele havia derramado sangue. Por isso, Deus o daria um filho de nome Salomão, e esse filho sim, construiria. E então Davi aceito. E qual lição nós podemos tirar disso? Aprender essa direção que Deus deu a Davi?  Entenda que quem conquista, nem sempre constrói. Davi era um homem de guerra, de trazer, de conquistar, mas o processo de construir é um e o de conquistar é outro. No mundo espiritual você tem que aprender a trabalhar, a conquistar, a orar, a jejuar, a aprender a liberar a autoridade na fé da Palavra de Deus e isso traz e não necessariamente constrói.

Deus usou a unção de Davi para ganhar e usou a unção de Salomão para construir. A diferença está porque Davi era de guerra, ele ia contra demônios, fazia quebra de maldições, ele não levava desaforos, não tinha duas conversas. Era de jejum, de oração. Já Salomão, era de diálogo, de relacionamentos, ele era de comunhão, de “cafezinho e pão de queijo”. E assim é a vida. Tem horas que você tem que ser Davi para conquistar, para explodir os lugares celestiais, para destruir os vícios dos seus filhos, do seu marido, da sua esposa. Para conquistar, você precisa ter a unção de Davi, tem que ser guerreiro, tem que ter sangue no olho. Mas para abençoar, para aconselhar, para falar com Deus, não é na guerra de Davi, mas na calmaria de Salomão.

Porém, tem gente que só é Davi e tem gente que só é Salomão. Tem gente que é de guerra, e na igreja tem que ser, porque você tem que ser de guerra no mundo espiritual e é no mundo espiritual que você tem que tomar autoridade para conquistar e a autoridade vai chegar na sua vida, e quando você chegar para o seu irmão, para o seu pai, você não vai pegar a espada e degolar eles, que já estão esticados, já apanharam no mundo, já sofreram, já falharam, já fracassaram, eles precisam do óleo, do amor, eles precisam do carinho de Salomão e não dá espada severa de Davi. Davi não queria uma aliança provisória, ele não queria tocar a sua vida e a sua família apenas, ele queria tocar a sua vida, dos seus pais, dos seus filhos e dos seus bisnetos. E assim Deus vai fazer com você também, vai abençoar a sua vida, dos seus familiares, a sua descendência de agora para frente.

Muitas vezes, a gente age como Davi, e deveria ser como Salomão, mas às vezes agimos como Salomão e deveria ser como Davi. Então, peça a Deus discernimento porque Davi conquista, Davi traz, Davi avança, Davi toma posse. Já Salomão constrói, restaura, edifica. Ele tem a unção de se relacionar e Deus vai te dar isso para construir novos cenários na sua vida. Mas primeiro se conquista, depois se constrói.

Sobre o colunista

Robson Rodovalho é físico graduado pela Universidade Federal de Goiás, da qual também foi professor. Formou-se ainda em Teologia e Filosofia, adquirindo conhecimentos que associa às suas constantes pesquisas no campo da Física Quântica. É fundador, Bispo e presidente do Ministério Sara Nossa Terra, que criou em 1992, ao lado de sua esposa, Bispa Lúcia Rodovalho. Conferencista internacional, ministra palestras sobre temas relacionados à relação entre ciência e fé, gestão, desenvolvimento pessoal e profissional, entre outros. Compositor e cantor, já lançou dois DVDs e sete CDs. Com o título “Sara Nossa Terra, Por Favor”, gravado pela Som Livre, garantiu o Disco de Ouro, em 2013. Rodovalho também é escritor. Seu ultimo livro, Rompiendo las Maldiciones Hereditarias, junta-se a uma bibliografia própria com mais de setenta obras. Entre os títulos de caréter científico, destaca-se Ciência e Fé – O Reencontro pela Física Quântica. Publicado pela editora LeYa, o título ficou por três semanas no topo da lista dos mais vendidos no país da revista Veja, logo após seu lançamento, em julho de 2014. Presidente da Rede Gênesis de TV e da Rede Sara Brasil de rádio, Rodovalho apresenta o programa Vida com Esperança, que vai ao ar diariamente para 22 capitais em sinal captado pelas TVs abertas. A transmissão também é reproduzida pelas rádios. Atuou como deputado federal por um mandato (2007-2010), deixando relevante legado para a sociedade. Entre as suas contribuições, destacam-se as bases da legislação que concedeu isenção fiscal ao microimportador (“sacoleiros”), além da lei que reconhece eventos gospel como culturais, concedendo-lhes os benefícios da Lei Rouanet que garantem financiamento mediante renúncia fiscal. Entre as homenagens que recebeu estão a condecoração como Destaque Nacional da Frente Parlamentar Evangélica (2004), Honra ao Mérito – Comissão Nacional de Defesa dos Direitos Humanos (2009) e Medalha do Mérito Legislativo (2013).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Image Lightbox Plugin