Mensagens

TRILHANDO O CAMINHO DA FELICIDADE

Qual caminho você tem escolhido para sua vida? O caminho estreito ou o largo? O estreito vai exigir que você se reduza, que deixe muita bagagem que traz da família de origem, da sua vivência. Ele é estreito e não dá para passar com muita bagagem.

As famílias têm sido destruídas não por coisas grandes, mas por coisas pequenas. São de excessos que não queremos deixar para trás. Queremos andar no caminho da alegria, da paz, da felicidade, da vida, mas queremos levar junto toda a bagagem antiga. Mas se não deixar essa bagagem para trás, não conseguirá trilhar por esse caminho.

O que nos impede de trilhar esse caminho da vida são as atitudes ou escolhas que precisam ser tomadas. Precisamos enfrentar algumas coisas, e o principal sentimento que devemos expulsar é o medo, pois ele nos paralisa.

Sabemos que o medo tem duas dimensões: há o medo que nos protege, mas há o medo que pode se tornar uma fortaleza que paralisa nossa vida. A Bíblia diz que “o verdadeiro amor lança fora todo medo” (1 João 4:18). Ele não lança fora a tristeza nem a depressão, mas o medo. Medo, no grego, significa “um pássaro assustado que perde o rumo”.

Deus quer nos ensinar a não temer, mas a confiar Nele para fazermos as escolhas certas, para andar em um caminho de amor. Se vivo com medo, comprometo meu destino. O medo de ficar pobre e abandonado levou Jacó a enganar o pai; ele tinha tanto medo da rejeição que enganou seu próprio pai. O medo fez o povo de Deus desejar voltar para o Egito. O medo levou Pedro a negar Jesus – medo de ser preso, de ser conhecido como amigo de Jesus. O medo levou Sara e Abraão a mentir. O medo fez Gideão se esconder.

Faça a escolha certa em seus relacionamentos. Decida viver na contramão da geração fast-food. Veja seu casamento, sua família, seus filhos como um tesouro precioso que foi confiado a você. Então, invista tempo e oração para alcançar a vitória, e confie em Deus para que vocês vivam plenamente o propósito d’Ele, e sejam felizes para sempre!

Sobre o colunista

Nascida em Goiânia, Lúcia converteu-se ao cristianismo aos 17 anos. Mesmo diante de uma carreira promissora como jogadora de vôlei, ela decidiu se dedicar à missão de levar a Palavra ao mundo, de conquistar almas para a vida em Jesus. Aos 19 anos, casou-se com Robson Rodovalho e juntos fundaram a Igreja Sara Nossa Terra. Hoje sãos bispos e presidentes mundiais do ministério evangélico. Teóloga e doutora em Filosofia, formou-se também em Psicologia pela Universidade Católica de Brasília, especializando-se em terapia familiar. É fundadora do mais expressivo ministério liderado pela Sara Nossa Terra, o Arena Jovem. O projeto nasceu em 2003, em Brasília, quando a Bispa Lúcia Rodovalho assumiu o desafio de mobilizar a atenção de milhares de jovens e apresentar-lhes a vida em Jesus Cristo - um caminho que levaria à transformação de suas vidas. Das habilidades que lhes são inatas e das que construiu ao longo da vida com sua experiência profissional, Bispa Lúcia considera sua capacidade de ouvir e entender o outro como o aprendizado mais relevante e decisivo para sua missão de evangelização. Quanto ao foco de seu trabalho, estruturado o projeto Arena Jovem em todo o Brasil, tem se dedicado principalmente ao tema família. Para a Bispa Lúcia Rodovalho, o amor, a base de uma família, germina à luz do respeito, do diálogo e do perdão. E a família é a base sobre a qual se constrói um futuro de realizações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Image Lightbox Plugin