Mensagens

O QUE VOCÊ FAZ QUANDO SOFRE?


O que você faz quando você sofre, quando a servidão bate à sua vida? Nem sempre as pessoas clamam e o clamor é a resposta positiva ao sofrimento. Tem gente que ao invés de clamar, quando está debaixo de servidão, de dores, amarguram, praguejam, xingam…
Deus sempre escuta os nossos gemidos, não é nem oração, mas os gemidos. Gemido é quando você não tem mais forças nem para clamar, o clamor ficou para trás. Quem geme, normalmente chora. A melhor expressão dos gemidos são as lágrimas, não tem muitas palavras, porque não é questão de falar, de pedir, é uma coisa muito mais profunda na alma.
Nós homens somos vulneráveis. A Bíblia mesmo diz que Elias que era um profeta, era vulnerável, sujeito à paixões e humanidades. Então, Deus sabe que tem horas que a gente fala muito, que pensa bobagens,  fala o que não deve. Por isso, Ele não leva em conta o que é da efervescência, mas presta atenção nas alianças. Na hora da aliança é pra valer.
Quando você se casou, fez uma aliança, chorou, pegou na mão do seu cônjuge, trocaram alianças, beijou, certo? Depois disso a vida seguiu. O estresse chegou, o bolo queimou, mas essas situações invalidam a aliança que vocês fizeram? Não! É natural e a gente entende isso, e o casamento saudável tem isso, e quando não é saudável é aquele que está tudo no céu, onde tudo o casal gosta, tudo está bom. Mas a vida não é assim. E isso não inviabiliza as alianças, mas mostra que os relacionamentos são saudáveis, verdadeiros. Por isso, faça aliança com Deus porque são elas que Deus  vai olhar na hora que Ele for definir o seu destino.
Quando Deus olha para você, Ele lembra do quê? Quantas vezes você orou, quantas vezes você gemeu, quantas vezes você se aliançou. Aliança de perdão, de amor, aliança de consagração. Quantas vezes você fez e atentou na sua condição? Deus vai atentar para sua condição. E o que é a palavra atentar? É intervir, participar, é sentir aquilo que você está sentindo, envolveu com as condições. Ele entrou em profundidade naquela situação e naquela circunstância, e assim Ele vai atentar na sua condição, vai te dar a sua liberdade financeira, o milagre da sua empresa, Ele vai te dar o negócio, o favor que você precisa. O Senhor olha para a aliança que você fez e esse Deus vai atentar e visitar e toda a sua vida vai ser reconstruída a partir daí.

Sobre o colunista

Robson Rodovalho é físico graduado pela Universidade Federal de Goiás, da qual também foi professor. Formou-se ainda em Teologia e Filosofia, adquirindo conhecimentos que associa às suas constantes pesquisas no campo da Física Quântica. É fundador, Bispo e presidente do Ministério Sara Nossa Terra, que criou em 1992, ao lado de sua esposa, Bispa Lúcia Rodovalho. Conferencista internacional, ministra palestras sobre temas relacionados à relação entre ciência e fé, gestão, desenvolvimento pessoal e profissional, entre outros. Compositor e cantor, já lançou dois DVDs e sete CDs. Com o título “Sara Nossa Terra, Por Favor”, gravado pela Som Livre, garantiu o Disco de Ouro, em 2013. Rodovalho também é escritor. Seu ultimo livro, Rompiendo las Maldiciones Hereditarias, junta-se a uma bibliografia própria com mais de setenta obras. Entre os títulos de caréter científico, destaca-se Ciência e Fé – O Reencontro pela Física Quântica. Publicado pela editora LeYa, o título ficou por três semanas no topo da lista dos mais vendidos no país da revista Veja, logo após seu lançamento, em julho de 2014. Presidente da Rede Gênesis de TV e da Rede Sara Brasil de rádio, Rodovalho apresenta o programa Vida com Esperança, que vai ao ar diariamente para 22 capitais em sinal captado pelas TVs abertas. A transmissão também é reproduzida pelas rádios. Atuou como deputado federal por um mandato (2007-2010), deixando relevante legado para a sociedade. Entre as suas contribuições, destacam-se as bases da legislação que concedeu isenção fiscal ao microimportador (“sacoleiros”), além da lei que reconhece eventos gospel como culturais, concedendo-lhes os benefícios da Lei Rouanet que garantem financiamento mediante renúncia fiscal. Entre as homenagens que recebeu estão a condecoração como Destaque Nacional da Frente Parlamentar Evangélica (2004), Honra ao Mérito – Comissão Nacional de Defesa dos Direitos Humanos (2009) e Medalha do Mérito Legislativo (2013).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *