Mensagens

O QUE É CURA INTERIOR?

É o processo pelo qual uma pessoa é liberta de ressentimentos, autopiedade, depressão, culpa, medo, complexos de inferioridade, auto condenação e falta de perdão. Conforme lemos em Romanos 12:2, a cura interior é o processo de renovação da mente da não conformação com esse século.

“Deixo-lhes a paz; a minha paz lhes dou. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbem os seus corações, nem tenham medo.” (João 14:27).

Jesus deixou essa promessa maravilhosa para seu povo, mesmo assim, muitos cristãos, ainda, vivem angustiados e atormentados pelo passado e se encontram emocionalmente enfermos.

“[…] uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus.” (Filipenses 3:13,14)

Eis o segredo de Paulo para quem quiser seguir em frente sem amarras do passado, sem ruminação de sofrimentos e perdas e sem práticas inúteis de auto martírio. Quem insiste em viver esse ciclo de engano não entende a plenitude de vida em Cristo Jesus.

No entanto, o processo de cura interior é muito mais que vasculhar os detalhes mais sórdidos e ocultos do porão da alma humana; é, acima de tudo, abrir mão do que o impede de ter suas emoções curadas. Na verdade, é permitir que a luz de Cristo ilumine e extirpe suas mágoas e ressentimentos, sua ira reprimida e autopiedade.

Segundo o ministro David Seamands (1922 – 2006), desde o início de seu ministério de pastor, ele percebeu que muitas pessoas tinham uma grande necessidade de passar por um processo de cura interior: “Percebi que, nem mesmo com a pregação da Palavra de Deus, nem a entrega pessoal delas a Cristo, nem a plenitude do Espírito, nem com a oração e os sacramentos, essas pessoas estavam conseguindo superar seus problemas.” (Cura Para Traumas Emocionais, 2001).

Freud e outros estudiosos afirmam que as experiências de nossos primeiros anos de vida determinam nossa personalidade nosso modo de agir. Cecil Osborne (The Art of Undestanding Yourself, 1967) diz: Se um indivíduo abriga conflitos, tensões, ansiedades e senso de culpa, em alguma área de sua vida, essa doença espiritual tende a manifestar-se sob a forma de sintomas físicos.”

Sobre o colunista

Nascida em Goiânia, Lúcia converteu-se ao cristianismo aos 17 anos. Mesmo diante de uma carreira promissora como jogadora de vôlei, ela decidiu se dedicar à missão de levar a Palavra ao mundo, de conquistar almas para a vida em Jesus. Aos 19 anos, casou-se com Robson Rodovalho e juntos fundaram a Igreja Sara Nossa Terra. Hoje sãos bispos e presidentes mundiais do ministério evangélico. Teóloga e doutora em Filosofia, formou-se também em Psicologia pela Universidade Católica de Brasília, especializando-se em terapia familiar. É fundadora do mais expressivo ministério liderado pela Sara Nossa Terra, o Arena Jovem. O projeto nasceu em 2003, em Brasília, quando a Bispa Lúcia Rodovalho assumiu o desafio de mobilizar a atenção de milhares de jovens e apresentar-lhes a vida em Jesus Cristo - um caminho que levaria à transformação de suas vidas. Das habilidades que lhes são inatas e das que construiu ao longo da vida com sua experiência profissional, Bispa Lúcia considera sua capacidade de ouvir e entender o outro como o aprendizado mais relevante e decisivo para sua missão de evangelização. Quanto ao foco de seu trabalho, estruturado o projeto Arena Jovem em todo o Brasil, tem se dedicado principalmente ao tema família. Para a Bispa Lúcia Rodovalho, o amor, a base de uma família, germina à luz do respeito, do diálogo e do perdão. E a família é a base sobre a qual se constrói um futuro de realizações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *