Mensagens

FORJANDO LÍDERES

“Os propósitos do coração do homem são águas profundas, mas quem tem discernimento os traz à tona.” (Provérbios 20:5)

Um erro frequente nas equipes é o líder presumir que todos têm as mesmas necessidades psicológicas. Isso leva a crer que todos se motivam da mesma forma. O papel da liderança é compreender e respeitar a individualidade de cada um dos membros de sua equipe. Entender as necessidades emocionais de cada um é fundamental para regular a motivação.

Conheça profundamente o seu discípulo, tanto suas forças quanto suas fraquezas, só assim você terá a possibilidade de estimulá-lo a se desenvolver completamente em seu potencial. Vencedores não nascem prontos, eles são feitos e forjados, dia após dia. E isso requer trabalho e dedicação.

O apóstolo Paulo nos ensina sobre uma liderança influenciadora Na vida, todos de alguma forma ou em algum momento estão influenciando outros. Os sociólogos nos dizem que o indivíduo, por mais introvertido que seja, influenciará 10.000 outras pessoas durante sua vida. Todos nós influenciamos uns aos outros de várias maneiras – desde o que comer no almoço e quais filmes assistir, até questões mais importantes, como a ética.

Como diz o provérbio africano: “Se você acha que é pequeno demais para fazer a diferença, não passou a noite com um mosquito”. O mosquito faz a diferença de uma forma irritante, mas o princípio é o mesmo.

Uma pessoa pode parar uma grande injustiça. Uma pessoa pode ser a voz da verdade. A bondade de uma pessoa pode salvar uma vida. Cada pessoa é importante. Você, como líder, tem a possibilidade de maximizar ainda mais essa influência e usá-la para colocar sua equipe em ação. Ao contrário do que diz o dito popular, aquilo que os olhos veem o coração sente.

Sobre o colunista

Nascida em Goiânia, Lúcia converteu-se ao cristianismo aos 17 anos. Mesmo diante de uma carreira promissora como jogadora de vôlei, ela decidiu se dedicar à missão de levar a Palavra ao mundo, de conquistar almas para a vida em Jesus. Aos 19 anos, casou-se com Robson Rodovalho e juntos fundaram a Igreja Sara Nossa Terra. Hoje sãos bispos e presidentes mundiais do ministério evangélico. Teóloga e doutora em Filosofia, formou-se também em Psicologia pela Universidade Católica de Brasília, especializando-se em terapia familiar. É fundadora do mais expressivo ministério liderado pela Sara Nossa Terra, o Arena Jovem. O projeto nasceu em 2003, em Brasília, quando a Bispa Lúcia Rodovalho assumiu o desafio de mobilizar a atenção de milhares de jovens e apresentar-lhes a vida em Jesus Cristo - um caminho que levaria à transformação de suas vidas. Das habilidades que lhes são inatas e das que construiu ao longo da vida com sua experiência profissional, Bispa Lúcia considera sua capacidade de ouvir e entender o outro como o aprendizado mais relevante e decisivo para sua missão de evangelização. Quanto ao foco de seu trabalho, estruturado o projeto Arena Jovem em todo o Brasil, tem se dedicado principalmente ao tema família. Para a Bispa Lúcia Rodovalho, o amor, a base de uma família, germina à luz do respeito, do diálogo e do perdão. E a família é a base sobre a qual se constrói um futuro de realizações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Image Lightbox Plugin