Mensagens

ESPELHE-SE NOS ENSINAMENTOS DE DEUS

É preciso ter tempo para relacionar com os outros, é preciso tempo para construir relacionamentos íntimos. Só nos filmes as coisas acontecem instantaneamente. Para construir uma verdadeira amizade ou desenvolver um ótimo relacionamento afetivo é preciso conhecer o outro com certa profundidade, e isso leva tempo. Depois que se estabelecem os contatos mais íntimos, precisamos de tempo para mantê-los.

Quando a família, os amigos ou nossos irmãos de fé precisam de nós, temos que atender ao chamado. Quando surgem os desentendimentos e os conflitos, temos de nos manter firmes e encontrar solução para eles. E como as necessidades dos amigos e da família surgem de uma hora para outra, não é possível encaixá-las na agenda.

Alguns princípios para ser feliz:

a) Descubra o que você gosta e busque isso (Eclesiastes 3:12 – “Já tenho entendido que não há coisa melhor para eles do alegrar-se e fazer o bem na sua vida”);

b) Ame as pessoas do jeito que elas são;

c) Ajude as pessoas a serem felizes (Gal 6:9 – “E não nos cansemos de fazer bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido”);

d) Esqueça o passado, viva no presente (Sal 85:6 – “Não tornarás a vivificar-nos, para que o teu povo se alegre em ti?”);

e) Perdoe sempre. (Mateus 18:21,22 – “Então Pedro, aproximando-se dele, disse: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete? Jesus lhe disse: Não te digo que até sete; mas, até setenta vezes sete”).

Sobre o colunista

Nascida em Goiânia, Lúcia converteu-se ao cristianismo aos 17 anos. Mesmo diante de uma carreira promissora como jogadora de vôlei, ela decidiu se dedicar à missão de levar a Palavra ao mundo, de conquistar almas para a vida em Jesus. Aos 19 anos, casou-se com Robson Rodovalho e juntos fundaram a Igreja Sara Nossa Terra. Hoje sãos bispos e presidentes mundiais do ministério evangélico. Teóloga e doutora em Filosofia, formou-se também em Psicologia pela Universidade Católica de Brasília, especializando-se em terapia familiar. É fundadora do mais expressivo ministério liderado pela Sara Nossa Terra, o Arena Jovem. O projeto nasceu em 2003, em Brasília, quando a Bispa Lúcia Rodovalho assumiu o desafio de mobilizar a atenção de milhares de jovens e apresentar-lhes a vida em Jesus Cristo - um caminho que levaria à transformação de suas vidas. Das habilidades que lhes são inatas e das que construiu ao longo da vida com sua experiência profissional, Bispa Lúcia considera sua capacidade de ouvir e entender o outro como o aprendizado mais relevante e decisivo para sua missão de evangelização. Quanto ao foco de seu trabalho, estruturado o projeto Arena Jovem em todo o Brasil, tem se dedicado principalmente ao tema família. Para a Bispa Lúcia Rodovalho, o amor, a base de uma família, germina à luz do respeito, do diálogo e do perdão. E a família é a base sobre a qual se constrói um futuro de realizações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *