Mensagens

DEUS NÃO MACHUCA NINGUÉM E SIM O MALIGNO

“Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios.
Porque tu, ó Senhor, és o meu refúgio. No Altíssimo fizeste a tua habitação.

Porque tu, ó Senhor, és o meu refúgio. No Altíssimo fizeste a tua habitação.
Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda.
Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos”.
Salmos 91:8-11

O texto nos mostra que veremos o mal agindo na vida de algumas pessoas, que ele chamou ímpio. Castigo dos ímpios é consequência das ações dos ímpios. É interessante porque tem gente que acha que o castigo vem de Deus. Tiago nos disse que Deus é amor e o amor não tenta ninguém. Mas se o mal não vem de Deus, o castigos, as doenças não vêm de Deus, vem de quem? Quem é o pai do mal? O maligno que é um anjo caído. O satanás, o próprio diabo. Não vem de Deus. “Com os teus olhos contemplarás e verás as ações dos ímpios”. A palavra ímpio é que pratica impiedade, ou seja, uma pessoa que se diz ímpio, convive no território da impiedade, quem convive no território da impiedade, convive no reino do mal e vai ter como consequências dores, maldade. Não é Deus quem está enviando, é a consequência do território aonde ele está.

Você entra em um pântano e a areia movediça te suga e você vai dizer que foi  um castigo de Deus?  Não, isso é uma consequência do território que ele entrou. Deus não castiga ninguém, quem castiga é o maligno que machuca as pessoas que se emprestam a serem usadas por ele. Se o maligno tem acesso, vai machucar ele e ele machucado vai ter dor e ele com dor, virá, mas não foi Deus, foi ele mesmo quem conseguiu com as próprias mãos essa dor para a vida dele.

Isso precisa ser explicado e coloca o caráter de Deus como um homem barbudo, mal. Deus é amor, o problema é que Deus é amor e você tem uma outra fonte nesse mundo de poder que é a fonte do mal. A única fonte do universo não é a fonte de Deus, você tem a outra fonte e quando você se afasta de Deus, você fica passível de ser tocado pelo mal porque tem outra fonte de poder.  E você estando longe de Deus e não estando protegido, o mal pode ter acesso à sua vida.  Ela é do mal, ela é para te causar dor, ela é para colocar drogas, bebidas, doenças, falências, ela é para arrasar você, mas quando você está com Deus essa fonte não te toca e muito menos te olha. Mas o poder de Deus guarda a sua vida, porque em cada caminho, Deus vai colocar um anjo para te guardar, para te guiar.

Sobre o colunista

Robson Rodovalho é físico graduado pela Universidade Federal de Goiás, da qual também foi professor. Formou-se ainda em Teologia e Filosofia, adquirindo conhecimentos que associa às suas constantes pesquisas no campo da Física Quântica. É fundador, Bispo e presidente do Ministério Sara Nossa Terra, que criou em 1992, ao lado de sua esposa, Bispa Lúcia Rodovalho. Conferencista internacional, ministra palestras sobre temas relacionados à relação entre ciência e fé, gestão, desenvolvimento pessoal e profissional, entre outros. Compositor e cantor, já lançou dois DVDs e sete CDs. Com o título “Sara Nossa Terra, Por Favor”, gravado pela Som Livre, garantiu o Disco de Ouro, em 2013. Rodovalho também é escritor. Seu ultimo livro, Rompiendo las Maldiciones Hereditarias, junta-se a uma bibliografia própria com mais de setenta obras. Entre os títulos de caréter científico, destaca-se Ciência e Fé – O Reencontro pela Física Quântica. Publicado pela editora LeYa, o título ficou por três semanas no topo da lista dos mais vendidos no país da revista Veja, logo após seu lançamento, em julho de 2014. Presidente da Rede Gênesis de TV e da Rede Sara Brasil de rádio, Rodovalho apresenta o programa Vida com Esperança, que vai ao ar diariamente para 22 capitais em sinal captado pelas TVs abertas. A transmissão também é reproduzida pelas rádios. Atuou como deputado federal por um mandato (2007-2010), deixando relevante legado para a sociedade. Entre as suas contribuições, destacam-se as bases da legislação que concedeu isenção fiscal ao microimportador (“sacoleiros”), além da lei que reconhece eventos gospel como culturais, concedendo-lhes os benefícios da Lei Rouanet que garantem financiamento mediante renúncia fiscal. Entre as homenagens que recebeu estão a condecoração como Destaque Nacional da Frente Parlamentar Evangélica (2004), Honra ao Mérito – Comissão Nacional de Defesa dos Direitos Humanos (2009) e Medalha do Mérito Legislativo (2013).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Image Lightbox Plugin