Mensagens

APRENDA A OUVIR E TER UM CORAÇAO ENSINÁVEL

Salomão tinha vinte anos quando assumiu o reinado e considerava-se ainda inexperiente e imaturo para a posição que estava assumindo. Ele sabia que o seu conhecimento não era suficiente para caminhar dali para frente. Essa verdade também se aplica à nossa vida. Você avançará somente até o limite do seu conhecimento; a partir de então dependerá do quanto está disposto a continuar aprendendo.

Ter um coração ensinável é ter disposição para aprender, sem preconceito ou orgulho. É saber reconhecer seus limites e não usá-los como barreiras, mas ter a coragem de rompê-los em prol de seu propósito. Foi isso que Salomão demonstrou diante de Deus.

Entenda que o melhor processo para o crescimento é assumir sua própria missão ou tarefa, pois, quando você a assumir, trará foco, compromisso, paixão e experiência. Contudo, reconheça seus limites, tenha humildade.

Salomão disse a Deus: “não passo de uma criança, não sei como conduzir-me”. Ele entendia que estava diante de uma grande missão e que necessitaria de muita ajuda. Essa humildade não era a de sentir pena de si mesmo, desistir ou recuar, mas perceber os limites que precisam ser superados.

Coração ensinável é estar constantemente reciclando, evoluindo e aberto ao novo. Diante dos desafios e inovações você precisa procurar novas qualificações ou especializações. É preciso ter disposição para começar coisas novas.

Para se ter um coração ensinável é preciso aprender a ouvir, e não somente escutar. No original hebraico a palavra “coração” significa mente, vontade, inteligências; e “compreensivo” é ouvir, obedecer. Salomão pediu a Deus uma inteligência que ouve e obedece para permanecer livre da arrogância ou autossuficiência.

O ato de ouvir demonstra atenção, disposição de abrir mão do que eu sou para crescer e reconhecer o meu interlocutor. Ouvir é obedecer e viver debaixo de sua fonte. Observe como você reage ao seus erros. E aprenda a reagir positivamente. Tente fazer algo novo. Procure seus desenvolvimento pessoal.

Os desafios provocam mudanças para melhor. Fortaleça também seus pontos fortes. Continue a crescer nas áreas em que já é especialista e não permita o esgotamento.

Sobre o colunista

Nascida em Goiânia, Lúcia converteu-se ao cristianismo aos 17 anos. Mesmo diante de uma carreira promissora como jogadora de vôlei, ela decidiu se dedicar à missão de levar a Palavra ao mundo, de conquistar almas para a vida em Jesus. Aos 19 anos, casou-se com Robson Rodovalho e juntos fundaram a Igreja Sara Nossa Terra. Hoje sãos bispos e presidentes mundiais do ministério evangélico. Teóloga e doutora em Filosofia, formou-se também em Psicologia pela Universidade Católica de Brasília, especializando-se em terapia familiar. É fundadora do mais expressivo ministério liderado pela Sara Nossa Terra, o Arena Jovem. O projeto nasceu em 2003, em Brasília, quando a Bispa Lúcia Rodovalho assumiu o desafio de mobilizar a atenção de milhares de jovens e apresentar-lhes a vida em Jesus Cristo - um caminho que levaria à transformação de suas vidas. Das habilidades que lhes são inatas e das que construiu ao longo da vida com sua experiência profissional, Bispa Lúcia considera sua capacidade de ouvir e entender o outro como o aprendizado mais relevante e decisivo para sua missão de evangelização. Quanto ao foco de seu trabalho, estruturado o projeto Arena Jovem em todo o Brasil, tem se dedicado principalmente ao tema família. Para a Bispa Lúcia Rodovalho, o amor, a base de uma família, germina à luz do respeito, do diálogo e do perdão. E a família é a base sobre a qual se constrói um futuro de realizações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Image Lightbox Plugin