Mensagens

A PORTA ESTÁ FECHADA? DEUS ESTÁ PERMITINDO

“Pois qual de vós, querendo edificar uma torre, não se assenta primeiro a fazer as contas dos gastos, para ver se tem com que a acabar? Para que não aconteça que, depois de haver posto os alicerces, e não a podendo acabar, todos os que a virem comecem a escarnecer dele, Dizendo: Este homem começou a edificar e não pôde acabar.Ou qual é o rei que, indo à guerra a pelejar contra outro rei, não se assenta primeiro a tomar conselho sobre se com dez mil pode sair ao encontro do que vem contra ele com vinte mil?De outra maneira, estando o outro ainda longe, manda embaixadores, e pede condições de paz. Assim, pois, qualquer de vós, que não renuncia a tudo quanto tem, não pode ser meu discípulo”. Lucas 14:31-33

É interessante porque neste texto, Jesus nos mostra como viver a fé no mundo e Ele disse: “Você vai construir uma torre sem antes fazer os cálculos? Você vai entrar numa batalha, sem primeiro alcançar ou construir uma estratégia? Então, claramente Ele nos dá uma orientação sobre duas coisas: a vida passa pela construção de um projeto e por batalhas. Ele abrangeu essas duas áreas da vida em duas figuras, porque todos nós estamos construindo uma torre onde vivemos um espiral, porque a gente nasce bem pequeno, vai crescendo e desenvolvendo fisicamente, emocionalmente e vai ampliando. Toda a nossa vida e existência é uma construção. Você constroi a sua identidade, os seus valores, o seu conhecimento, a sua profissão, o seu patrimônio, porque a vida é uma construção. E Jesus achou por bem usar a expressão: “construção de uma torre”, porque a torre fala de visão, de altitude e naquela época, a torre era de vigia . Subiam na torre para enxergar o inimigo, para enxergar à frente. A torre trazia privilégios, de ver à frente, de ver longe, de proteção.

Por isso, Jesus fala sobre o cálculo para concluir algo e Ele destaca o recurso, falando sobre o dinheiro, orçamento e meios, falando sobre os elementos como areia, brita, saibro, ou seja, os materiais que precisamos para a construção. Jesus quis dizer: o meu povo não deixa construções de projetos pela metade. Ele disse: quem é o homem que vai construir e para no meio do caminho? Esse é um homem insensato.

Pessoas olham e comentam que alguém começou um projeto e não terminou. Isso não é bom, porque não inspira honra, porque terminar projetos é muito importante. Projetos não terminados significam gastos de energia, gastos de tempo, de dinheiro. Significam uma série de investimentos paralisados e nós não devemos fazer isso, porque não são os planos de Deus. Nem a sua faculdade, nem o seu emprego, nem a sua liderança, nem o seu relacionamento emocional, se você não for terminar, então você não vai nem entrar, porque Deus vai fechar o caminho, porque o seu tempo é precioso. Toda porta fechada é porque Deus está permitindo, porque Ele não quer você perdendo tempo naquilo.

É ruim quando a gente ora bastante e a porta não abre. Quando você precisa de algo e não acontece ou você não alcança o que que almeja, isso é porque não adianta quebrar a maldição e a cabeça de burro não for tirada. Entenda que ali você não deve entrar, porque lá não é o seu caminho. Às vezes você nem orou e lá dentro pode ter algo de Deus para você, pode ter uma riqueza e uma grande providência, mas depois que você ora, depois que você batalha, se não abrir, não empurre, porque Deus não quer que você gaste tempo, energia e investimento fora.

Sobre o colunista

Robson Rodovalho é físico graduado pela Universidade Federal de Goiás, da qual também foi professor. Formou-se ainda em Teologia e Filosofia, adquirindo conhecimentos que associa às suas constantes pesquisas no campo da Física Quântica. É fundador, Bispo e presidente do Ministério Sara Nossa Terra, que criou em 1992, ao lado de sua esposa, Bispa Lúcia Rodovalho. Conferencista internacional, ministra palestras sobre temas relacionados à relação entre ciência e fé, gestão, desenvolvimento pessoal e profissional, entre outros. Compositor e cantor, já lançou dois DVDs e sete CDs. Com o título “Sara Nossa Terra, Por Favor”, gravado pela Som Livre, garantiu o Disco de Ouro, em 2013. Rodovalho também é escritor. Seu ultimo livro, Rompiendo las Maldiciones Hereditarias, junta-se a uma bibliografia própria com mais de setenta obras. Entre os títulos de caréter científico, destaca-se Ciência e Fé – O Reencontro pela Física Quântica. Publicado pela editora LeYa, o título ficou por três semanas no topo da lista dos mais vendidos no país da revista Veja, logo após seu lançamento, em julho de 2014. Presidente da Rede Gênesis de TV e da Rede Sara Brasil de rádio, Rodovalho apresenta o programa Vida com Esperança, que vai ao ar diariamente para 22 capitais em sinal captado pelas TVs abertas. A transmissão também é reproduzida pelas rádios. Atuou como deputado federal por um mandato (2007-2010), deixando relevante legado para a sociedade. Entre as suas contribuições, destacam-se as bases da legislação que concedeu isenção fiscal ao microimportador (“sacoleiros”), além da lei que reconhece eventos gospel como culturais, concedendo-lhes os benefícios da Lei Rouanet que garantem financiamento mediante renúncia fiscal. Entre as homenagens que recebeu estão a condecoração como Destaque Nacional da Frente Parlamentar Evangélica (2004), Honra ao Mérito – Comissão Nacional de Defesa dos Direitos Humanos (2009) e Medalha do Mérito Legislativo (2013).

Deixe uma resposta